Igreja Matriz de Calvão

Segundo Manuel da Rocha Creoulo e Rogério Grilo, a igreja foi iniciada em 1924. Pode dizer-se que se tratou duma ampliação. O corpo da capela foi posto abaixo, bem como o altar do lado Sul. Ficou o altar-mor e a capela do Sagrado Coração de Jesus. Em 1925, ficou pronta para o culto. Estavam criadas as condições para a elevação, a Paróquia da capelania de Calvão - Vagos e que veio a efectivar-se em 11/06/1927 e da qual passavam a fazer parte todos os ugares que integravam a petição de 18/11/1915.
 
Em 1927, iniciou-se a aquisição de terrenos para a construção dum cemitério. Localização: os Mortais (actual). O existente, junto à igreja, tornava-se pequeno e não havia espaço para o ampliar.
 
A igreja construída pelo P. Baptista foi considerada pequena para albergar a população que frequentava os actos religiosos. Em sua substituição foi erigida uma de traços modernos e mais ampla, que viria a ser inaugurada em 22/09/1974.